Mato Grosso do Sul - Estado do Pantanal
   AS BELEZAS NATURAIS

Mato Grosso do Sul é rico em belezas naturais, com rios, grutas, fauna e flora que encantam aos olhos dos turistas; hotéis-fazenda e áreas de pousadas.

O Estado oferece atividades de Ecoturismo, Turismo Científico, Cultural, Histórico e Arqueológico, além do Turismo de Lazer e o Turismo de Eventos e Negócios.            

A beleza natural da região do Pantanal sul-mato-grossense atrai turistas de todo o país, inclusive do mundo. O Pantanal ocupa uma área com 89 mil quilômetros quadrados, no qual, atinge 25% do Estado. 

Mato Grosso do Sul por ser uma região rica em grutas e balneários tem como destaque as cidades de Bonito, Rio Verde, Costa Rica, Miranda, Coxim e Bodoquena.

Também são atrativos turísticos as fronteiras com o Paraguai e a Bolívia, por ser possível a compra de produtos importados nas cidades de Ponta Porã e Corumbá e, Pedro Ruan Caballero (Paraguai).

 

 

 



Escrito por Aline Leão às 20h21
[] [envie esta mensagem] []


 
   CULTURA

Através das migrações existentes no Estado a comida tradicional sul-mato-grossense é uma mistura das várias culturas. Os principais pratos são:

 

·        Caldo de Piranha, no qual, costuma-se tomar em cumbucas bem apimentadas e, pode ser engrossado com farinha de mandioca;

·        Churrasco;

·        Sobá (comida japonesa);

·        Arroz Carreteiro;

·        Chipa;

·        Costela de boi assada;

·        Peixe ao molho;

·        Pacu assado e recheado;

·        Pucherada;

·        Pamonha;

·        Doce de mangaba.

As bebidas típicas são: chimarrão, cachaça de alambique, licor de pequi e o famoso tereré, que é semelhante ao chimarrão, porém frio, tomado em encontros com amigos e familiares.   

O estilo musical é bem diversificado composto por: chamamés, guarânias, moda de viola e a típica vaneira. A origem da vaneira vem da habanera, um ritmo dançado pelos negros de Cuba e Haiti, que foi exportada para a Espanha e chegou ao Brasil, no qual, fez muito sucesso no Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul. Os movimentos dos passos são idênticos ao do chote tradicional.

Há vários grupos musicais no Estado que adotam esse ritmo. Citarei os que mais se destacam entre os baileiros: Alma Serrana, Zíngaro, MDO (Mensageiros D’ Oeste), Canto da Terra e o Tradição que é sucesso na mídia nacional. O grupo que vem mostrando através da música, para o Brasil e mundo, que Mato Grosso do Sul tem Tradição. 

 



Escrito por Aline Leão às 22h04
[] [envie esta mensagem] []


 
   CIDADE AMIZADE

Hoje em especial vou falar de Batayporã. Uma pequena cidade com aproximadamente 13 mil habitantes que fica localizada no sudeste de Mato Grosso do Sul e faz divisa com os Estados de São Paulo e Parará, ao sul. Também tem como limite os municípios de Anaurilândia a leste, Nova Andradina ao norte e Taquarussu a oeste.        

 

Quero destacar essa cidade não só porque hoje 12 de novembro ela está completando 44 anos de emancipação política, mas por um simples motivo, é a minha cidade natal, o qual estimo e gosto muito.

Batayporã é fruto de um projeto de colonização do tcheco Dr. Jan Antonin Bata (fundador e idealizador de mais de oitenta cidades em todo o mundo). A implantação do projeto que culminou com a criação da cidade teve início em 1953, na então Fazenda Samambaia, quando em caravanas chefiadas por Vladimir Kubik (gerente geral da Cia. Viação SP-MT), Jindrich Trachta, João Antonio da Silva, Ataliba Ramos, Mohamed Mustafá, Paschoal José da Silva, entre outros, foram os primeiros adquirentes de lotes.

Em 04/11/1954, foi criado o Cartório de Paz e Tabelionato, no qual, a Shr. Marina do Amaral Trachta foi nomeada tabeliã titular, em 30 de Outubro do mesmo ano.

Jindrich Trachta criou em março de 1955 a primeira escola (Jan Antonin Bata), que teve como professora Eunice Rodrigues Mustafá.

Em 1956, a firma Moura Andrade S/A, abriu uma estrada, ligando o distrito à Fazenda Primavera, onde possibilitou o acesso aos Estados do Paraná e São Paulo.

Batayporã significa água boa do Bata. Ou seja, yporã= água boa e Bata sobrenome do fundador Jan Antonin Bata. Localizada na região do Vale do Ivinhema, distante 310 quilômetros da capital, Campo Grande; é conhecida como Cidade Amizade por ter um povo gentil e acolhedor.

A economia do município gera em torno da pecuária. Tem como ponto turístico o Rio Paraná, local agradável para se passar horas tranqüilas com áreas de camping, pesca e um belo explendor.

 

A cidade é um pequeno paraíso, que Deus deixou aqui na terra!

 

 

Foto: Almir Portela



Escrito por Aline Leão às 19h20
[] [envie esta mensagem] []


 
   AS DIFERENTES ETNIAS

A população de Mato Grosso do Sul tem crescido constantemente desde a década de 70, porque há grande quantidade de migrantes dos estados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo, e de imigrantes de países como Alemanha, Espanha, Itália, Japão, Paraguai, Síria e Líbano, no qual, foram fundamentais para o povoamento do estado e que marcaram a fisionomia da região.                   

 

Em Campo Grande que fica instalada a maior parte das colônias existentes no estado.

 

É notável a influência do Rio Grande do Sul e Paraguai, tanto na música quanto no palavreado.

 

O estado adota o estilo musical dos gaúchos, a vaneira, que é variante do vaneirão. Os sul-mato-grossenses utilizam a palavra guri, termo utilizado no Rio Grande do Sul, que segundo o Aurélio significa “menino”.

 

A influência cultural do Paraguai vem desde a demarcação da fronteira do estado e o país, seja pelo consumo de erva-mate, pelas polcas paraguaias, guarânias e chamamés, ou seja, pelas chipas*. 

 

No mês de setembro é realizado em Campo Grande, no Parque de Exposições Laucídio Coelho, a Festa das Nações, que tem como objetivo principal à integração entre as diferentes culturas. Durante a Festa é possível apreciar os hábitos, folclore, artesanato, gastronomia e costumes que ajudaram a moldar a cultura sul-mato-grossense.

 

 

* Chipa é tipo de pão de queijo.



Escrito por Aline Leão às 19h01
[] [envie esta mensagem] []


 
   CONTANDO UMA HISTÓRIA

Resumidamente contarei a história do estado do Pantanal, que por poucos é conhecida. Começo dizendo que Mato Grosso do Sul é muito jovem, pois constituía a parte meridional do estado do Mato Grosso, do qual foi desmembrado em 11 de novembro de 1977 por lei complementar, pelo presidente da República Ernesto Geisel. Segundo o presidente, a criação do novo estado significava “o reconhecimento de uma realidade econômica e social”.              


 

O estado Sul-Mato-Grossense localiza-se na região Centro-Oeste do Brasil, no qual integra 78 municípios e tem como capital a cidade de Campo Grande. Tem como limites Goiás ao nordeste, Minas Gerais ao leste, Mato Grosso ao norte, Paraná ao sul, São Paulo ao sudeste, Paraguai ao oeste e sul e a Bolívia ao noroeste.

Ligeiramente é maior que a Alemanha, por ocupar 358.159 km² da superfície.

 

O rio Paraná drena o território estadual e tem como afluentes os rios Sucuriú, Verde, Pardo e Ivinhema, a leste, e Paraguai, cujos afluentes são os rios Aquidauana e Miranda, a oeste.

 

A fonte de renda do estado é a agricultura e a pecuária. A agricultura diversifica-se com a cultura de soja, arroz, café, trigo, milho, feijão, mandioca, algodão, amendoim e cana-de-açúcar. A pecuária assume um numeroso rebanho bovino nos campos limpos, e os suínos dão importância nas áreas agrícolas.

 

A hidrelétrica de Jupiá, instalada no rio Paraná, gera a maior parte de energia consumida no estado.

 

Campo Grande é a maior cidade do Mato Grosso do Sul. A capital Morena, assim como é conhecida pelos sul-mato-grossenses, possuía em 2006, segundo fonte PNAD, 765.247 habitantes. Além de Campo Grande, as principais cidades são: Dourados, Corumbá, Três Lagoas, Ponta Porã, Aquidauana e Naviraí.

 

REFERÊNCIA:

Site: pt.wikipedia.org/wiki/Mato_Grosso_do_Sul



Escrito por Aline Leão às 19h00
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Portal da Filosofia
 Diego Doimo
 Resenhando
 Blog do Foguinho


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!